4 passos para montar um home office definitivo

Muitas pessoas trabalharam de casa durante vários meses de 2020. Enquanto uma parcela já voltou para o serviço presencial, outros continuam sem ir na empresa. Por isso, chegou a hora de acabar com aquela mesa temporária e montar um home office definitivo! Confira as dicas para que esse espaço seja funcional e confortável, mas sem gastar muito.

1. Definindo o melhor espaço

Antes de sair comprando móveis e mudando tudo de lugar em casa, o primeiro passo para montar um home office definitivo é pensar nesse espaço que você já tem ou se é melhor buscar outro ambiente.

Por isso, analise alguns fatores interessantes, como iluminação natural, o uso do espaço para outros fins que possam te atrapalhar, se é um ambiente de passagem dos outros moradores, se você consegue posicionar diante de uma janela para curtir a vista e por aí vai.

Ah! Não esqueça do tão requisitado cabo de internet que precisa chegar na mesa na hora de montar um home office definitivo.

Com o local já pensado, você pode ir avançando nos seus planos de criar um espaço prático e profissional ainda que em casa.

2. Selecionando o que você realmente precisa

Nas estações de trabalho, é comum que a gente acumule coisas sem necessidade. Papéis antigos, milhões de canetas, blocos de anotação e até biscoitos fazem parte das gavetas de qualquer empresa. Mas não quer dizer que esse acúmulo precisa estar na sua casa também, né?

Então, a segunda orientação é definir o que você não pode deixar de ter na mesa ao montar um home office definitivo.

Telefone fixo: será que precisa mesmo? Impressora? Ou um ambiente mais clean vai te deixar mais produtivo e inspirado?

Outros itens não podem deixar de serem ponderados, como luminárias, cortinas ou persianas, apoio para os pés, ventilador ou ar condicionado, entre outros. Saiba quais são esses itens e só depois pense se a mesa ou bancada vai suportar tudo de essencial.

3. Escolhendo o móvel coringa

Nem todos precisam comprar móveis novos para montar um home office definitivo, mas se você tiver necessidade, escolha aquele item que é versátil e estiloso ao mesmo tempo.

Assim, você tem um ambiente que é funcional e que combina com o resto do cômodo. Nem precisamos falar da importância de uma cadeira que traz a ergonomia necessária para as longas horas de trabalho sentado, né?

Abuse das cores na decoração e opte por móveis mais neutros, assim você pode trocar itens menores quando enjoar daquele estilo, mantendo a mesa. Quadros com frases inspiradoras são ótimos para esse tipo de espaço e, claro, as plantas são companheiras perfeitas para o serviço de casa!

Se você utiliza o quarto para  home office, ao mesmo tempo que é um ambiente para receber visitas, o móvel pode ser harmonioso para os dois sentidos.

4. Separando o trabalho do descanso

Nem todo mundo tem um cômodo separado para montar um home office definitivo. Então, tudo bem se o ambiente de trabalho estiver fisicamente perto de outras funções da casa pois você pode ter outras medidas para esse controle.

O ideal é que você faça essa distinção tendo uma conversa bacana com os outros moradores sobre a importância desse ambiente tranquilo para você realizar as rotinas diárias.

Mas, o que mais você pode fazer para ajudar nessa produtividade em casa? Evite ficar com a tv ligada, defina horários fixos para almoço e pausas, deixe as redes sociais de lado, tire o pijama e mantenha uma lista com seus afazeres do dia.

Se você acha que o mais interessante é encontrar um imóvel que proporcione um home office adequado para a sua rotina, clique e veja uma seleção de casas e apartamentos com home office disponíveis em Porto Velho e Ji-Parana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *